Home / Suzano / CAOS TOTAL: OBRA DA SABESP NA MAJOR PINHEIRO FROES VAI ATÉ 2021

CAOS TOTAL: OBRA DA SABESP NA MAJOR PINHEIRO FROES VAI ATÉ 2021

TRANSTORNO GERAL

Obra da Sabesp para o trânsito em Suzano

As obras da Sabesp, seja onde for, têm data de início; de término, não. Exemplo? Pergunte às dezenas de motoristas que utilizam diariamente a avenida Major Pinheiro Fróes, em Suzano. Via de acesso às cidades às cidades de Poá, Ferraz de Vasconcelos e Itaquaquecetuba, de um lado, e Mogi das Cruzes, de outro, a Major Pinheiro Fróes é cenário constante de congestionamento de veículos em determinados trechos quando o trânsito se estreita a uma só pista nos dois sentidos.

A empresa interdita trechos da avenida nos dois lados em tempos diferentes, porque as obras são divididas por etapas. Começaram em agosto de 2.012 e foram paralisadas sendo reiniciadas em junho de 2016 com término previsto para abril desse ano. E como registra a reportagem de A Tribuna, as obras estão atrasadas.

O trecho em obra de construção de uma tubulação de 4,8 quilômetros de extensão para o transporte do esgoto da região para tratamento na ETE Suzano é pequeno, mas o transtorno é grande, atestam moradores, motoristas, pedestres e comerciantes de toda a extensão da referida via. “Marquei aqui no carro: 20 minutos para percorrer 700 metros”, disse o motorista de caminhão Carlos Alves, que seguia em direção à Poá, para chegar ao Rodoanel e seguir viagem para a Baixada Santista.

A estudante Rosa Santos teve dificuldades para atravessar as duas pistas. “Apontando para o local onde a estrada volta a ter duas pistas, ela diz que “os carros imprimem velocidade maior nesse trecho, dificultando a travessia”. João Resende não se conforma com a demora da obra. “Passo todos os dias, para ir ao trabalho em Poá e essa obra parece nunca mais acabar. É um absurdo”, reclama João, inconformado.

Resposta da Sabesp

A Sabesp informa que as obras que estão sendo feitas na Avenida Major Pinheiro Froes, também conhecida como “SP-66”, são para implantação do interceptor de esgotos denominado de ITI16. Trata-se de um empreendimento importante para a região porque transportará esgotos dos bairros para tratamento na Estação de Tratamento de Esgotos de Suzano. A Sabesp lamenta os transtornos causados pelas obras e atua junto às comunidades do entorno com o objetivo de manter os moradores cientes sobre o andamento dos serviços e os prazos de fechamento de cada poço, principal motivo do trânsito no local.

O empreendimento teve suas obras paralisadas devido à necessidade de rescisão judicial. A retomada foi em setembro de 2018 e, durante a execução, a Sabesp já vem liberando o trânsito nos trechos dos poços que tiverem os serviços finalizados, com recomposição asfáltica, diminuindo assim os transtornos até o término total da obra, no primeiro semestre de 2021.

A Companhia pede a compreensão dos usuários da via pelos transtornos causados e destaca que são temporários, mas a qualidade de vida e garantia de saúde para a população serão permanentes. Há enorme ganho também para o meio ambiente, com benefício para os rios e córregos que desaguam no rio Tietê.

Sobre Valdir Sabiá

Procuparar também por

PARCERIA: CADASTRAMENTO BIOMÉTRICO COM A OAB DE SUZANO E JUSTIÇA ELEITORAL

  Até o dia 13 tem cadastro biométrico na OAB de Suzano. Os eleitores que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *